sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Luto

Hoje é uma triste sexta-feira de fevereiro. Muito triste, aliás.

Nosso plano material perdeu uma pessoa iluminada. Nico Nicolaiewsky, após semanas internado, faleceu. Não preciso dizer muito  sobre, pois todos sabem quem ele era (e será para sempre nos nossos corações e na nossa memória).

De todas as notícias sobre morte de artistas dos últimos tempos esta foi a que realmente me entristeceu.
Cresci ouvindo as histórias de seu personagem, Maestro Pletskaya na Peça Tangos e Tragédias. Ouvia o LP (sim, o LP! São sabe o que é? Vai procurar, fedelho(a)! :-p ) e, muito tempo depois, tive a oportunidade de assisti-lo no palco. Fantástico.

Se posso pensar em algo bom é que ele faz parte da minha história, não só pelo fato de pertencer às lembranças da minha infância, mas também porque foi graças a um espetáculo deles que eu e meu noivo começamos a namorar... Coisas da vida. Coisas muito boas da vida.

Que ele continue a arrancar inúmeros sorrisos lá no plano espiritual. Aqui ele fará MUITA falta.

Tangos-e-Tragédias